SINSPIURS assembleia

Assembleia do Sindicato avalia contrapartida

 

SINSPIURS assembleia

SINSPURS negocia com a prefeitura de Rio do Sul

Assembleia do Sindicato avalia contrapartida

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rio do Sul e Região (SINSPURS) realizou assembleia nesta terça-feira 8, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos. Em pauta o resultado das negociações das reivindicações 2016 com a prefeitura de Rio do Sul, analisadas e aprovadas pela comissão do Sindicato e pela assembleia.

De acordo com a presidenta do SINSPURS, Marilene Espindola, o prefeito Garibaldi Antônio Ayroso (Gariba) aceitou parcialmente alguns itens da pauta. Entre eles o repasse do INPC aos servidores e o reajuste dos professores, conforme determina o Piso Nacional do Magistério. No entanto, a diferença entre o índice do INPC e o Piso  do Magistério será retirado do  bônus educacional, sendo que essa diferença será incorporada ao Piso, assim acontecerá todos os anos, até que se tenha o valor do Bônus totalmente incorporado ao base. Essa negociação ocorreu entre a Gestão Municipal e a Comissão do Bônus que foi acompanhada pelo SINSPURS.

Aos professores também foi concedido um terço de hora atividade, conforme determina a Lei Nacional do Magistério. “Agora isso deve ser organizado pela Secretaria de Educação”, explicou Marilene.

Outra reivindicação atendida parcialmente foi a de passagem do Nível A ao B dos serviços gerais, que vai ser implantado durante o ano de 2016, conforme a disponibilidade de orçamento. As licenças-prêmio vencidas e agendadas também serão pagas durante o próximo ano, conforme orçamento.

Outros itens da pauta, inclusive pontos pendentes de 2015, continuam em negociação e a comissão do Sindicato volta a se reunir com o prefeito Gariba no início do próximo ano.

Marilene mais uma vez agradeceu aos servidores que participaram da Assembleia e voltou a pedir maior participação dos servidores nas atividades do SINSPURS. “O Sindicato precisa da participação de todos para ter mais força e avançar nas conquistas à categoria”, finalizou Marilene.

 

 

Pauta de reivindicações 2016

1 – Reposição salarial, com base no INPC e mais 5% de aumento real.

2 – Repasse integral do Piso Nacional do Magistério, conforme determina Lei do Magistério 11.738/08, para 2016.

3 – Aplicação imediata da hora atividade a todos os professores da Rede Municipal, sendo 1/3 de carga horária, conforme determina a Lei do Magistério.

4 – Rever o Piso Mínimo Municipal dos Servidores com base salarial extremamente baixa

5 – Encaminhar a alteração salarial, aprovada na Comissão de Política e Remuneração de Pessoal, aos cargos de Auxiliar Administrativo I e II, Auxiliar de Enfermagem e Auxiliar de Serviços Gerais em ano anterior.

6 – Inclusão de Auxílio-emergência no Estatuto dos Servidores, em casos de catástrofes naturais.

7 – Auxílio Alimentação proporcional a carga horária.

8 – Alteração do valor unitário do auxílio alimentação, passando de 1,3% para 2,5% do valor do Piso Mínimo Municipal dos Servidores.

9 – Pagamento das licenças prêmio atrasadas e que não haja mais atrasos.

10 – Pagamento de um terço de férias, no pagamento que antecede as férias.


FOTO: EKOS NOTÍCIAS

Assembleia do SINSPURS realizada em Rio do Sul na terça-feira 8

 

OUTRAS INFORMAÇÕES: (47) 3521-0280, com Marilene ou Ivone, no SINSPURS..