SINSPURS mobiliza servidores contra a reforma da Previdência Atividades contam com panfletagem, atos e paralisações O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rio do Sul e Região realizou assembleia na noite desta quarta-feira, 1º de março, para deliberar sobre a participação da categoria em atividades que vão ocorrer no mês de março contra a reforma da Previdência, proposta pelo governo federal….

SINSPURS mobiliza servidores contra a reforma da Previdência

Atividades contam com panfletagem, atos e paralisações

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rio do Sul e Região realizou assembleia na noite desta quarta-feira, 1º de março, para deliberar sobre a participação da categoria em atividades que vão ocorrer no mês de março contra a reforma da Previdência, proposta pelo governo federal.

Os presentes foram unânimes quanto aos efeitos negativos na vida de todos os trabalhadores se essa reforma passar no Congresso Nacional, que aumenta a idade mínima para 65 anos para homens e mulheres e 49 anos de contribuição (meio século) para poder receber aposentadoria integral. “Imaginem professores todos esses anos em sala de aula!”, disse a presidente do SINSPURS, Marilene Back Espíndola.

Ficou decidido que os servidores serão orientados a se manifestarem em seus locais de trabalho com cartazes sobre o tema, balões, camisetas e faixas pretas no sentido de luto.

No dia 8 e março, Dia Internacional das Mulheres, vai haver uma concentração em frente ao INSS de Rio do Sul, a partir das 16 horas. Essa atividade também tem a participação de professores estaduais e de trabalhadores de outras categorias. Marilene explicou que as mulheres serão as mais prejudicadas com a reforma da Previdência. “O dia 8 de março deve ser marcado com a presença, sobretudo das mulheres, mas os homens também estão sendo convidados para virem pro ato”, salientou.

No dia 11 de março, Sábado Feliz, a concentração e panfletagem começam pela manhã, na Praça Ermembergo Pellizzetti, por volta das 9 horas e segue durante o dia.

A grande atividade do mês de março é esperada para o dia 15. Nesse dia centrais sindicais estão convocando uma greve geral, com atos nas capitais dos estados. A assembleia do SINSPURS vai orientar os servidores para pararem nesse dia. “Sabemos que pode gerar perda no vencimento mas, no futuro, se deixarmos passar essa reforma, as perdas serão imensamente maiores a nós e aos nossos filhos”, enfatizou Marilene.

As atividades do dia 15 também vão contar com outras categorias. A concentração inicia às 9 horas, também na Praça.

Reunião com outras entidades

O SINSPURS participou de uma reunião realizada no Sindicato dos Trabalhadores Têxteis (SITITEV) na manhã desta quarta-feira.

Representantes da OCA Cultural estavam presentes. O coletivo de jovens vai contribuir com a elaboração de cartazes e outros materiais que serão utilizados nos dias de atividades. Também estavam presentes lideranças da Rede Feminina de Combate ao Câncer, imprensa e assessoria da vereadora Zeli da Silva.

“O povo precisa acordar pra gravidade dessa reforma. Podemos dizer que querem voltar ao tempo da escravidão”, disse Marilene Back Espindola, presente na reunião com a diretora Ivone Lourenço, representantes o SINSPURS.

FOTOS: EKOS NOTÍCIAS
– Assembleia do SINSPURS realizada no dia 1º de março, na sede dos Servidores
– Representantes de entidades reunidos no SITITEV

OUTRAS INFORMAÇÕES: (47) 3521-0280, com Marilene, Ivone ou Gilson, no SINSPURS.Assembleia do SINSPURS (2)Assembleia do SINSPURS (1)Sinspurs em reunião no SITITEV