5 dezembro 2014

SINSPURS negocia com a prefeitura de Rio do Sul e marca nova Assembleia

No dia 30 de outubro, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rio do Sul e Região (SINSPURS) promoveu uma Assembleia Geral Ordinária com os servidores do município de Rio do Sul. Na ocasião, foram definidos os itens da Pauta de Reivindicações para o ano de 2015 e a comissão que participaria da negociação, definida para o dia 25 de novembro. Um dos principais itens da pauta era o aumento salarial pelo INPC, mais percentual de aumento real que totalize 12% para todas as categorias de servidores do município.

O primeiro encontro para a negociação da pauta ocorreu no dia 27 de novembro, quando a comissão se reuniu com representantes do administrativo municipal. Por conta de compromissos de última hora, o prefeito municipal Garibaldi Antonio Ayroso, o Gariba, não pode permanecer na mesa e quem conduziu a reunião foi o secretário da Administração, Givanildo Silva. No primeiro momento o secretário de finanças da prefeitura, Cristiano Contreira Dias Lopes Segatto, também esteve presente.

“Vamos analisar dentro da saúde financeira da prefeitura, dentro do planejamento e vamos ver o que a gente vai conseguir fazer. Nós estamos passando por um momento muito difícil e eu peço a compreensão de vocês referente à minha ausência. Porque essa conversa que vocês vão ter aqui também é necessária, com o Givanildo, que posteriormente passará para mim de acordo com o que é possível, pra gente colocar em prática”, justificou o prefeito, Gariba, ao se ausentar da mesa. Foram debatidos todos os itens da pauta e os que não possuíam uma resposta imediata, levados para estudo junto ao prefeito e a cada setor responsável.

O segundo encontro aconteceu nesta quinta-feira, 4, onde novamente a comissão se reuniu com o secretário Givanildo, que trouxe os pareceres de cada proposta apresentada. Houveram avanços significativos em pontos importantes da pauta, porém, o governo não assinalou a possibilidade de um reajuste real. Ficou garantido, apenas, o valor que diz respeito ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Houve uma decepção, tanto da presidenta do SINSPURS, Arlete de Souza, como de todos os membros da comissão, perante o resultado e, mais uma vez, o não comparecimento do prefeito para esse diálogo. “A coisa que eu mais lamento é a ausência do prefeito nessa manhã. A gente precisava ter algo dele. Dessa maneira, parece que ele não quer ouvir o servidor. Ele tinha que estar aqui e ficar ciente da realidade desses servidores que trabalham incansavelmente para atender bem o povo da nossa cidade. Saio decepcionada, não só pela negação, mas por essa falta de presença”, contou Arlete. Na Assembleia marcada para o dia 11 de dezembro a direção do SINSPURS irá expor todos os pontos da pauta com os resultados obtidos nas reuniões de negociação..